sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Porque ciência e religião não fazem as pazes?

Esta postagem foi retirada do blog Física na EREM, do amigo Wilker e mostra mais uma das nuances desse conflito entre ciência e religião. Acessem o Blog: http://profwilker.blogspot.com/

Este texto retrata a opinião do autor.

Ciência X Religião

A própria história conta casos em que ciência e religião não se entendem, Copérnico foi obrigado pela inquisição a negar sua teoria heliocêntrica, químicos foram acusados de bruxaria e até hoje pesquisadores são tratados como assassinos de fetos ao pesquisarem as células tronco, enfim quem está com a razão?
 
Na verdade, puxo a brasa para meu peixe, sempre procurei acreditar nos fatos e não deixar tudo por conta da fé, mas, no entanto existem coisas que a ciência não explica, entre elas posso exemplificar o big bang, se foi uma grande explosão quem colocou "fogo no pavio"?
É por isso que mesmo não seguindo determinada religião, não deixo de ter fé em algo, alguns até dizem que para acreditar na teoria da evolução de Darwin também é preciso ter fé, ou para enfrentar alguns problemas Físicos/Matemáticos é preciso mais coragem do que sair de Capoeiras para Frexeiras em  Garanhuns a pé.
 
A nossa própria concorrência natural nos leva ao extremo do que acreditamos, nesse caso fica a ideia de que devemos seguir nossos princípios e simplesmente respeitar os dos outros, viva a ciência e todas as suas contribuições para a nossa sociedade (viva também a poluição e anomalias causadas pelo seu uso indevido) e viva a religião que de certa forma mantém nossa sociedade com uma certa ordem por temer aos Deuses (viva também as barbaridades cometidas por extremistas em nome da fé).

sábado, 20 de agosto de 2011

Que Bicho Será Esse?

Esse bicho é chamado de macaco narigudo, seu nome veio justamente por possuir nariz longo. A fêmêa apresenta um nariz menor e meio arrebitado. É um animal desajeitado e curioso e vive no mangue.

São exigentes com relação a alimentação e podem ser locomover por quilômetros em busca de alimento. por enquanto o macho não está caçando, quem vai ao trabalho é a fêmea e os filhotes.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Por que nos arrepiamos quando sentimos frio?

Quem não sentiu uma brisa fria em seu corpo e ficou todo arrepiado? É difícil encontrar alguém que não passou por essa situação.
O arrepio é uma reação de defesa de nosso organismo, quando a pessoa sente frio geralmente os pêlos se eriçam, formando uma camada de ar entre os pêlos e sobre a pele, essa camada impede que a pessoa perca calor para o meio externo, o que poderia provocar a hipotermia. Mas no ser humano essa estratégia não é muito eficiente. Mas podemos observar que em alguns animais ela faz uma diferença enorme, no urso polar os pêlos  realmente formam uma barreira que impedem a perca de calor, facilitando sua adaptação ao ambiente frio.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Por que a Água Salgada Não Mata Sede

A água do mar possui muitos sais em relação aos que apresentamos no sangue, mais ou menos três vezes mais. Quando um ser humano toma muita água salgada, ele necessita liberar através da urina esse excesso de sais, mas para isso é necessário mais água, quando se calcula percebe-se que a quantidade de água necessária para liberar o excesso de sais é maior do que a ingerida com água salgada, provocando sede, o excesso de água salgada também pode causar diarréia provocando desidratação. Por isso a água salgada não mata a sede.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Alzheimer Interessantíssimo!!!

A cada 1 minuto de tristeza perdemos a oportunidade de sermos felizes por 60 segundos.

Sobre o Alzheimer
Roberto Goldkorn é psicólogo e escritor

Meu pai está com Alzheimer. Logo ele, que durante toda vida se dizia 'o Infalível'. Logo ele, que um dia, ao tentar me ensinar matemática, disse que as minhas orelhas eram tão grandes que batiam no teto. Logo ele que repetiu, ao longo desses 54 anos de convivência, o nome do músculo do pescoço que aprendeu quando tinha treze anos e que nunca mais esqueceu: esternocleidomastóideo.

Odiagnóstico médico ainda não é conclusivo, mas, para mim, basta saber que ele esquece o meu nome, mal anda, toma líquidos de canudinho, não consegue terminar uma frase, nem controla mais suas funções fisiológicas, e tem os famosos delírios paranóicos comuns nas demências tipo Alzheimer.

Aliás, fico até mais tranqüilo diante do 'eu não sei ao certo' dos médicos; prefiro isso ao 'estou absolutamente certo de que.....', frase que me dá arrepios.

E o que fazer... para evitarmos essas drogas?

Como?

Lendo muito, escrevendo, buscando a clareza das idéias, criando novos circuitos neurais que venham a substituir os afetados pela idade e pela vida 'bandida'.

Meu conselho: é para vocês não serem infalíveis como o meu pobre pai; não cheguem ao topo, nunca, pois dali só há um caminho: descer. Inventem novos desafios, façam palavras cruzadas, forcem a memória, não só com drogas (não nego a sua eficácia, principalmente as nootrópicas), mas correndo atrás dos vazios e lapsos.

Eu não sossego enquanto não lembro do nome de algum velho conhecido, ou de uma localidade onde estive há trinta anos.. Leiam e se empenhem em entender o que está escrito, e aprendam outra língua, mesmo aos sessenta anos.

Coloquem a palavra FELICIDADE no topo da sua lista de prioridades: 7 de cada 10 doentes nunca ligaram para essas 'bobagens' e viveram vidas medíocres e infelizes - muitos nem mesmo tinham consciência disso.

Mantenha-se interessado no mundo, nas pessoas, no futuro. Invente novas receitas, experimente (não gosta de ir para a cozinha? Hum... Preocupante). Lute, lute sempre, por uma causa, por um ideal, pela felicidade. Parodiando Maiakovski, que disse 'melhor morrer de vodca do que de tédio', eu digo: melhor morrer lutando o bom combate do que ter a personalidade roubada pelo Alzheimer.

Dicas para escapar do Alzheimer:

Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que NEURÓBICA, a 'aeróbica dos neurônios', é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso; limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios 'cerebrais' que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. Tente fazer um teste:

- use o relógio de pulso no braço direito;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente; (vi na China o pessoal treinando isso num parque);
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes; (conheço tanta gente que só quer comer a mesma coisa)
- veja fotos de cabeça para baixo;
- veja as horas num espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho.
A proposta é mudar o comportamento rotineiro!
Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!
Que tal começar a praticar agora, trocando o mouse de lado?
Que tal começar agora enviando esta mensagem, usando o mouse com a mão esquerda?
FAÇA ESTE TESTE E PASSE ADIANTE PARA SEUS (SUAS) AMIGOS (AS).
'Critique menos, trabalhe mais. E, não se esqueça nunca de agradecer!'
Sucesso para você!!!


Obs.: Essa mensagem foi enviada por mim, com a mão esquerda.

Fonte: Desconhecida

Para os Homens Que Reclamam Muito!

As coisas deveriam funcionar assim:
Cada vez que um homem  reclamasse de fazer a barba, ganharia inteiramente grátis uma depilação com cera quente na virilha.
 

Mas, virilha completa!

Como bônus ele ainda poderia escolher outra parte do corpo para ser depilada, sejam as pernas, o buço ou as axilas.

Em caso de reclamação, o macho participante da promoção ganharia uma semana de menstruação com direito a todos os opcionais de fábrica: sete dias de sangramento + cólicas + dores no corpo + irritação + sensibilidade extrema.
Uma festa de hormônios para o deleite do reclamão!!

Na terceira reclamação do barbudo fresco, completar-se- ia a Cartela Premiada Ouro: Com três estrelinhas, ele teria direito a um parto normal incluindo os nove meses de gestação, dores na coluna, enjôos, dificuldade para andar, muitos quilos a mais e, 
na reta final, fortes contrações, dilatação de dez centímetros na genitália,  um corte para facilitar a saída do bebê e a própria saída do bebê cabeçudo e que tem ombros!
 

Mas não é só isso!!!!!!!!!

Depois do parto, do cansaço e do esforço o ganhador da promoção ainda teria direito a ter a criancinha sugando seus mamilos com bastante força no incrível e mágico momento da amamentação!


CONCLUSÃO:
Sexo forte?
Aonde?????

Autor Desconhecido

Charge Sobre Pesquisas Com células Tronco

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Loading...